Páginas

abril 10, 2013

O problema em herdar roupas...

Hoje minha mãe trouxe algumas roupas de bebê que uma prima doou, já que seu filho já havia crescido. O problema em herdar roupas dos outros é que, hm, se herda também o mau gosto. Ao dar uma olhada na pilha me deparei com isso:
(x) a moleira certamente não
Como nunca iria deixar a pobre criança vestir algo assim e não queria desperdiçar uma roupinha, resolvi profaná-la, é claro. Já estava querendo fazer uma estampa assim há tempos e me vi de frente com a oportunidade perfeita. Comecei copiando-a do computador, com canetinha mesmo, já que não tenho impressora:


Escolhi uma tinta roxa para o fundo, coloquei os devidos durex em seus lugares para delimitar a área e evitar sujeira e comecei a pintar
protetor é o caralho


Veja bem, não há traços de ingratidão no meu ato. Fico contente de poder herdar a roupa alheia, mas nada me impede de reciclá-las para torná-las mais atraentes ao meu gosto. Principalmente quando há diferenças ideológicas tão gritantes. 

depois da primeira camada de tinta. se você não tem superfície de trabalho use sacolas da cacau show que, além de serem úteis, exalam a rhyqueza inexistente em você.

Depois de passar duas camadas de tinta roxa, parti para o stencil. Como ex-adolescente vândala, cortar stencils é uma tarefa que me dá um prazer imenso, além da dor no pulso. A arte de se fazer stencils consiste apenas em cortar uma superfície com um estilete até se obter a forma desejada e, em seguida, usar tinta ou spray para aplicá-lo. Geralmente se usa acetato, mas eu usei aquelas folhas de impressão para retroprojetor mesmo. A qualidade é horrível, mas é o que tinha pra hoje. Para uma melhor aderência, usei fita dupla face entre a folha transparente e o desenho:
meu amado estilete ansiando a perfuração
O processo de corte pode parecer meio chato, mas é extremamente terapêutico. Tão terapêutico que esqueci de registrar o processo. Depois de devidamente cortado, joguei o papel fora, adicionei mais fita dupla-face ao papel transparente para ele se fixar mais facilmente à roupinha e não causar borrões e joguei a tinta branca:




De início parece que está tudo cagado e você desperdiçou uma peça de roupa, mas então a mágica das transposições se dá e...
i <3 stencil
E o resultado: 

Centralização não é o meu forte. Mas a criança foi poupada de uma roupa deveras constrangedora. Claro que meu trabalho como mãe é constrangê-lo ao máximo e a fantasia de ursinho e afins estão guardadas no armário só esperando o momento certo, mas pelo menos será um constrangimento felpudo e gracinha. 
É claro que essa roupa causará muita vergonha caso ele se torne reacionário machista racialista nazista maluco, mas até aí não morará mais sob meu teto porque filho meu é de luta. 

23 comentários:

  1. Hahaha ótimo!
    Obrigada por me ensinar, vou sair fazendo stencils por aí!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Tem gente que ainda quer ser levada à sério com posts do tipo.

    ResponderExcluir
  3. Preferia que meu filho usasse uma roupa com estampa de funk a isso, forçado demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://si0.twimg.com/profile_images/3600829004/8f4b8b18a12f7a7453dc390141dc3797.jpeg

      Excluir
  4. SUA PUTA, FORÇANDO SUA IDEOLOGIA NUMA CRIANÇA INOCENTE, E SE ELE CRESCER IGUALITÁRIO E ANTI-ISMOS? SER HOMEM NÃO É SER MACHISTA, E NÃO SER MACHISTA NÃO É NECESSARIAMENTE SER FEMINISTA, SUA DADEIRA DE CU GORDA DO CARALHO, TINHA QUE SER PUTA MESMO, CADE O PAI DESSA CRIANÇA?


    PS: brincadeirinha, haha.

    ResponderExcluir
  5. KKKKKKKKKKKK, ridículo.
    Eu até aprecio a personalização e tudo mais, porém uma criança portando um símbolo desses em suas roupas só demonstra o quão bitolado seus pais estão.

    A vergonha só foi amplificada.

    ResponderExcluir
  6. Típico de uma vagabunda maconheira. Deviam mandar assistentes sociais pra sua casa pra recolher essa pobre alma. Nunca que eu, como mãe, faria um de meus filhos usar algo tão medíocre e humilhante.

    ResponderExcluir
  7. Mas que vagabunda! Isso é falta de pica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse falta de pica ela nao tava gravida, imbecil

      Excluir
    2. Gente, você também é Sacha, mãe de LEONA e mora em Manaus! Quantas coincidências em um só lugar!

      Excluir
    3. Viu só!! Também fiquei impressionada. Me mandaram um link do seu blog em um grupo sobre maternidade, adorei por sinal, parabens!!

      Excluir
    4. AAAhhh e ainda temos um amigo em comum do facebook rsrsrsrs só pra constar que o mundo e pequeno demais.. rsrsrs

      Excluir
  8. Você só pode ter algum problema sério. Seus pais erraram seriamente na sua educação... Você não pode fazer isso com uma pessoa, mesmo sendo seu filho. Ele não é seu pra falar a verdade! Você é somente a pessoa da qual ele saiu e a pessoa que o AJUDARÁ a tomar suas decisões! Ao impor isso você acaba com a liberdade da criança e erra de forma igual, se não pior que seus parentes que te deram essa merda de pano...

    ResponderExcluir
  9. SPÜRDO SPRÄLLËLLÄÄ MITÄ VITTUA :DDDD EI VIDDU KORIAANDERI :DDDDD

    ResponderExcluir
  10. Isso vai contra o estatuto da criança e do adolescente.
    Já entrei em contato com a procuradoria do seu estado.

    Aguarde contato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que exatamente vai contra o estatuto da criança e do adolescente? Qual ponto do estatuto isso feriu?

      Excluir
  11. A todos vocês aí em cima,

    Ele com certeza vai crescer muito melhor que todos vocês, afinal, se seus pais acertaram tanto e vocês foram criados tão bem, o que vocês tão fazendo num blog de uma desconhecida xingando e falando coisas que não fazem nem sentido? "Isso vai contra o estatuto da criança e do adolescente, já entrei em contato com a procuradoria.." cara, sério, não consigo nem comentar o tanto de noção do ridículo que faltou nesse comentário. E o outro "E SE ELE CRESCER IGUALITÁRIO?"... Porque o certo é crescer discriminando e odiando tudo que é diferente, né? Só enfie sua cabeça anormalmente pequena dentro do seu cu e desapareça.

    Sacha, acho que nunca conheci nenhuma mãe tão imersa na experiência da maternidade que você, e tudo que você faz é tão incrível que me faltam palavras. O Leon será uma pessoa que superará qualquer expectativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns a blogueira!! E a esse comentário criticamente bem feito!!

      Excluir
  12. Eu acho engraçado porque se fosse um relato de aborto toda essa galera estaria te odiando loucamente e falando sobre o quanto você vai queimar no inferno.
    Tu é linda Sacha e o Leon vai crescer maravilhosamente bem sem imposições sociais,
    bjs <3

    ResponderExcluir
  13. Nunca comento em blogs, mas compartilhei seu post com amigos dizendo ser um belo exemplo de mãe. Até brincamos que quando tivermos filhos queremos ser como você!

    Daí que baixei um pouco a barra de rolagem e sem querer li um comentário. Achei que era ironia e fui ler o resto. É lamentável que existam pessoas tão restritas e estúpidas.

    Não compreendo alguém vir até aqui dizer tantas bobagens, quando você só estava se preparando pra ser uma mãe maravilhosa. Compreendo menos ainda alguém te julgar por querer criar um filho com liberdade de pensamento e escolha, mas achar ok a imposição de coisas como o cristianismo e o machismo.

    Obrigada por colocar mais um ser humano feminista e igualitário no mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda você! Muito obrigada, Livia (oi, estou aqui pirando nas suas fotos)

      E relaxa, postaram meu blog em um imageboard cheio de guri com medo de mulher, aí eles sempre ficam meio ofendidos quando vêem qualquer coisa relacionada ao feminismo, por isso vieram tão agressivamente até aqui. Mas meh, conheço o tipinho.

      Fiquei muito feliz com os elogios ♥♥ tudo de bom pra ti.

      Excluir
  14. Espero que se eu tiver filhos eu seja uma mãe tão legal quanto você.
    E não se preocupe, seu filho não será machista. No momento estou mandando vibrações "da luta" para ele <3

    ResponderExcluir